top of page

Kobe Bryant: o ídolo, o homem e a marca.

Atualizado: 26 de jan. de 2020

Hoje desapareceu Kobe Bryant. Fã de basquete, diante dessa triste notícia, resolvi escrever algumas palavras na perspectiva do branding, tema que me é caro e que sinto-me confortável em abordar. Procurei traduzir um pouco do significado desse atleta, ídolo mundial que ocupa o mesmo patamar de Michael Jordan ou de nosso Ayrton Senna.

Quando uma marca pessoal transcende os símbolos que a cercam e a ostentam no mundo dos grandes brands mundiais, ela passa para imortalidade, sobretudo, quando a pessoa que dava essência e propósito a essa marca desaparece súbita e tragicamente da vida de milhões de torcedores, fãs e amigos. Evidencia-se nesses momentos o fato de que grandes marcas tem a ver com verdade, e Kobe Bryant foi uma verdade eloquente do esporte que, agora, ocupa o panteão das lendas.


Alguns elementos foram fundamentais para o sucesso da marca de Kobe Bryant que reuniu mais do que talento, reconhecimento, propósito e um carisma enorme:


FOI ÚNICO

Mais que um ídolo do esporte, Kobe Bryant soube ser único, como poucos foram na história do esporte mundial.


PAIXÃO PELO ESPORTE

Sua paixão foi tão intensa que extrapolou sua própria imagem pessoal e profissional e deu novo impulso ao basquete americano e mundial nos últimos 20 anos, dando sequência a era estelar de Jordan, Jhonson e companhia, ícones das décadas de 80 e 90.


CONSISTÊNCIA EM SUAS ATUAÇÕES

Kobe Bryant obteve grandes números que traduziram sua incrível capacidade de manter performance após performance ao longo de duas décadas praticando um esporte de alto rendimento. Essa capacidade de constância revelou um guerreiro que soube conduzir sua carreira de forma espetacular.


COMPETITIVIDADE

Os vencedores não gostam apenas de participar, eles querem competir e ganhar. E a competitividade de Kobe, assim como de outros nomes lendários do esporte, o conduziu para uma carreira vitoriosa.


EXPOSIÇÃO

Apesar da exposição, fica evidente que essa lenda do esporte, conseguiu manter sobriedade frente aos holofotes, o dinheiro e o poder, mantendo-se sensível e ativo diante das mazelas humanas ao redor do mundo.


LIDERANÇA

Toda grande marca mundial tem um líder forte por trás. Kobe Bryant foi um líder talentoso, carismático e com capacidade única de levar um time de estrelas por vários anos à grandes e sucessivas conquistas na NBA em 1999/00, 2000/01, 2001/02, 2008/09 e 2009/10 além de duas medalhas de ouro em Pequim 2008 e Londres 2012.


Kobe Bryant, mais que uma marca, uma inspiração.

48 visualizações1 comentário
bottom of page